Livros em promoção!

Menina Submersa, A: Memórias – Limited Edition

Postado por Cristiane Feuser em 07/mai/2015 - Sem Comentários

Menina Submersa, A: Memórias - Limited Edition Obsessões e assombrações à flor da pele Uma “obra-prima do terror e da fantasia dark” da nova geração A Menina Submersa: Memórias é um verdadeiro conto de fadas, uma história de fantasmas habitada por sereias e licantropos. Mas antes de tudo uma grande história de amor construída como um quebra-cabeça pós-moderno, uma viagem através do labirinto de uma crescente doença mental. Um romance repleto de camadas, mitos e mistério, beleza e horror, em um fluxo de arquétipos que desafiam a primazia do “real” sobre o “verdadeiro” e resultam em uma das mais poderosas fantasias dark dos últimos anos. Considerado uma “obra-prima do terror” da nova geração, o romance é repleto de elementos de realismo mágico e foi indicado a mais de cinco prêmios de literatura fantástica, e vencedor do importante Bram Stoker Awards 2013. O trabalho cuidadoso de Caitlín R. Kiernan é nos guiar pela mente de sua personagem India Morgan Phelps, ou Imp, uma menina que tem nos livros os grandes companheiros na luta contra seu histórico genético esquizofrênico e paranoico. Filha e neta de mulheres que buscaram o suicídio como única alternativa, Imp começa a escrever um livro de memórias para tentar reconstruir seus pensamentos e lutar contra o que seria “a maldição da família Phelps”, além de buscar suas lembranças sobre a inusitada Eva Canning, sua relação com a namorada e consigo mesma, que evoca em muitos momentos a atmosfera de filmes como Azul é a Cor mais Quente (Palma de Ouro em Cannes, 2013) e Almas Gêmeas (1994), de Peter Jackson. Não se assuste: é um livro dentro de um livro, e a incoerência uma isca para uma viagem mais profunda, onde a autora se aproxima de grandes nomes como Edgar Allan Poe e HP Lovecraft, que enxergaram o terror em um universo simples e trivial – na rua ao lado ou nas plácidas águas escuras do rio que passa perto de casa -, e sabem que o medo real nos habita. Caitlín dialoga ainda com o universo insólito de artistas como P.G. Wodehouse, David Lynch e Tim Burton, e o enigmático personagem Sandman, de Neil Gaiman, com quem aliás, trabalhou, escrevendo The Dreaming, spin-off derivado da obra-prima de Gaiman. A Menina Submersa evoca também as obras de Lewis Carrol, Emily Dickinson e a Ofélia, de Hamlet, clássica peça de Shakespeare, além de referências diretas a artistas mulheres que deram um fim trágico à sua existência, como a escritora Virginia Woolf. Com uma narração intrigante, não-linear e uma prosa magnífica, Caitlín vai moldando a sua obsessiva person


Exterminador Do Futuro, O – Limited Edition – Pré venda!!

Postado por Cristiane Feuser em 07/mai/2015 - Sem Comentários

Exterminador Do Futuro, O - Limited Edition - Pré venda!!

Mais mortal que qualquer outro ser vivo! O ano é 1984… mas ele vem do Ano da Escuridão, 2029. Ele foi criado para transformar o futuro destruindo o presente. Não sente piedade, dor, medo. Não sente nada. Ele é uma máquina mortífera programada paramatar e impossível de ser parada. Ele é… O EXTERMINADOR DO FUTURO! Um ciborgue de aparência humana, indestrutível, é enviado de 2029 -ara 1984 para assassinar uma garçonete, cujo filho ainda não nascido vai liderar a humanidade em uma guerra contra as máquinas, enquanto um soldado dessa mesma guerra é enviado para protegê-la a todo custo. O Exterminado do Futuro, lançado em 1984, é hoje um clássico da ficção científica, coescrito e dirigido por James Cameron (Aliens, O Segredo do Abismo, Titanic, Avatar), estrelando Arnold Schwarzenegger, Linda Hamilton e Michael Biehn. Primeira obra da franquia, que retorna aos cinemas em 2015, com Terminator: Genisys, o filme alcançou sucesso imediato ao apresentar um mundo distópico, dominado no futuro pela Skynet, um sistema de inteligência artificial onde as máquinas assumiram o controle. Com a única missão de exterminar a humanidade, ela desenvolve ciborgues assassinos chamados de Exterminadores cuja semelhança com os humanos é tanta, que se torna impossível distinguir uns dos outros. Para combatê-los e defender a humaninade, um homem chamado John Connor cria a resistência Tech-Com. Com a iminente vitória dos humanos, a única alternativa para os ciborgues é enviar um Exterminador de volta ao passado para assassinar a mãe de John, Sarah Connor, antes de ela ter dado à luz ao seu filho, evitando assim que a resistência chegue mesmo a existir. Com o destino da humanidade em perigo, John envia o soldado Kyle Reese ao passado para proteger sua mãe e assegurar a sua própria existência. Aclamado pela crítica quando estreou em 1984, O Exterminador do Futuro tornou-se um clássico instantâneo, frequentou as listas dos melhores filmes do ano, lançou as carreiras do astro Arnold Schwarzenegger e do diretor James Cameron e logo entrou nas listas dos filmes mais importantes de todos os tempos. Em 2008, foi considerado pela Biblioteca do Congresso norte-americano uma obra cultural de significância “cultural, história e estética” e selecionado para ser preservado no National Film Registry dos EUA.


Minha Mãe É Uma Peça: Com Histórias Inéditas De Dona Hermínia

Postado por Cristiane Feuser em 07/mai/2015 - Sem Comentários

Minha Mãe É Uma Peça: Com Histórias Inéditas De Dona Hermínia Minha mãe é uma peça, agora em livro e com histórias inéditas de Dona Hermínia Essas crianças ainda matam Dona Hermínia de tanta preocupação. Após berrar com os filhos no teatro, no cinema e na TV, ela agora narra as desventuras com a família em livro. Marcelina, que está “imensa de gorda”, e Juliano, que em vez de trabalhar prefere decorar as coreografias daquela “cantora negona linda, a Cebion”, não são os únicos que escutam poucas e boas. Sobra bronca também para o ex-marido, Carlos Alberto, para a nova mulher dele, “a vaca da Soraia”, e para a empregada Valdeia, “que prefere ser chamada de secretária, mas ainda não chegou lá”. Em sua estreia na literatura, Dona Hermínia — ou melhor, Paulo Gustavo, seu criador — fala sobre sexo, dietas e religião, dá conselhos de como criar os filhos, explica a antipatia que tem por Freud e sua “mania de colocar tudo que é culpa na mãe”, mostra como navegar na internet e faz seu guia de viagens. E, ao contrário dos manuais que ensinam como segurar o marido, conta os segredos para não perder o ex. Paulo Gustavo ficou famoso com o monólogo Minha mãe é uma peça, em cartaz desde 2006. Pelo papel, foi indicado ao Prêmio Shell de Melhor Ator. Em 2013, o espetáculo virou filme, que teve o maior público do cinema nacional no ano, com 4,6 milhões de espectadores. Agora, a dona de casa divertida e mandona, que arranca gargalhadas cúmplices no teatro, na TV e no cinema, surge no livro Minha mãe é uma peça em fotos, ilustrações e textos inéditos escritos com a colaboração de Ulisses Mattos e Fil Braz.


A Cidade Dourada – De R$44,50 por R$8,90!

Postado por Cristiane Feuser em 06/mai/2015 - Sem Comentários

A Cidade Dourada - De R$44,50 por R$8,90! Em A cidade dourada, terceiro volume da Trilogia do Quarto Mundo, John Twelve Hawks garante um desfecho surpreendente para a história dos dois irmãos que têm o poder de se deslocarem entre diferentes realidades e lutam em lados opostos pela preservação da liberdade. Enquanto Gabriel Corrigan desafia o poder da Tábula, uma misteriosa organização que controla o mundo por meio da tecnologia, seu irmão Michael Corrigan opta por usar a sua força para tentar controlar a humanidade.


Livro: Veneno – Somente R$7,00!

Postado por Cristiane Feuser em 06/mai/2015 - Sem Comentários

Livro: Veneno - Somente R$7,00! Veneno é o primeiro livro da trilogia Encantadas, e já é um best-seller inglês. Sarah Pinborough coloca os contos de fadas de ponta-cabeça e narra histórias surpreendentes que a Disney jamais ousaria contar. Com um realismo cínico e cenas fortes, o leitor será levado a questionar, finalmente, quem são os mocinhos e quem são os vilões dos livros de fantasia!


O Filho da Revolução (Nova Edição do Filme) – De R$44,90 por apenas R$9,90!!

Postado por Cristiane Feuser em 06/mai/2015 - Sem Comentários

O Filho da Revolução (Nova Edição do Filme) - De R$44,90 por apenas R$9,90!! A biografia conta a vida do líder do Legião Urbana, principalmente em sua juventude. “O livro tem uma preocupação de contextualização. Retrata o período de formação da vida do Renato, do jovem. E tem também a preocupação de contar, não só a historia dele, mas a da juventude urbana daquela época”, explica o autor.


Batman Bat Signal Mini Kit – Apenas R$29,90!!

Postado por Cristiane Feuser em 05/mai/2015 - Sem Comentários

Batman Bat Signal Mini Kit - Apenas R$29,90!! As the third installment of the “Batman Dark Knight” series hits cinemas, this miniature version of the iconic Bat-Signal will be a must-have for Bat-fans everywhere. With nearly 100 per cent worldwide awareness, “Batman” has surpassed $10 billion in consumer retail sales. As “The Dark Knight Rises” hits cinemas in July 2012, fans can call upon the Dark Knight himself with this replica of the Bat Signal, which projects the famed Batman symbol.  


Sobre a Escrita: A Arte em Memórias – Por R$34,90!!

Postado por Cristiane Feuser em 05/mai/2015 - Sem Comentários

Sobre a Escrita: A Arte em Memórias - Por R$34,90!! Eleito pela Time Magazine um dos 100 melhores livros de não ficção de todos os tempos e vencedor dos prêmios Bram stoker e Locus na categoria Melhor Não Ficção,   Sobre a Escrita: A arte em Memórias   é uma obra extraordinária de um dos autores mais bem-sucedidos de todos os tempos, uma verdadeira aula sobre a arte das letras.   O livro também não deixa de lado as memórias e experiências do mestre do terror: desde a infância até o batalhado início da carreira literária, o alcoolismo, o acidente quase fatal em 1999 e como a vontade de escrever e de viver ajudou em sua recuperação.   Com uma visão prática e interessante da profissão de escritor, incluindo as ferramentas básicas que todo aspirante a autor deve possuir, Stephen King baseia seus conselhos em memórias vívidas da infância e nas experiências do início da carreira: os livros e filmes que o influenciaram na juventude; seu processo criativo de transformar uma nova ideia em um novo livro; os acontecimentos que inspiraram seu primeiro sucesso: Carrie, a estranha. Pela primeira vez, eis uma autobiografia íntima, um retrato da vida familiar de King.   Ao mesmo tempo um álbum de memórias e uma aula apaixonante, essa obra irradia energia e emoção no assunto predileto de King: literatura. A leitura perfeita para fãs, escritores e qualquer um que goste de uma história bem-contada.


A Arte da Guerra – Os Treze Capítulos Originais

Postado por Cristiane Feuser em 05/mai/2015 - Sem Comentários

A Arte da Guerra - Os Treze Capítulos Originais O maior tratado de guerra de todos os tempos em sua versão completa em português. ‘A Arte da Guerra’ é sem dúvida a Bíblia da estratégia, sendo hoje utilizada amplamente no mundo dos negócios, conquistando pessoas e mercados. Não nos surpreende vê-la citada em filmes como Wall Street (Oliver Stone, 1990) e constantemente aplicada para solucionar os mais recentes conflitos do nosso dia-a-dia. Conheça um dos maiores ícones da estratégia dos últimos 2500 anos.


A Menina Submersa: Memórias – Pré venda!!

Postado por Cristiane Feuser em 04/mai/2015 - Sem Comentários

A Menina Submersa: Memórias - Pré venda!! A Menina Submersa: Memórias   é um verdadeiro conto de fadas, uma história de fantasmas habitada por sereias e licantropos. Mas antes de tudo uma grande história de amor construída como um quebra-cabeça pós-moderno, uma viagem através do labirinto de uma crescente doença mental. Um romance repleto de camadas, mitos e mistério, beleza e horror, em um fluxo de arquétipos que desafiam a primazia do “real” sobre o “verdadeiro” e resultam em uma das mais poderosas fantasias dark dos últimos anos. Considerado uma “obra-prima do terror” da nova geração, o romance é repleto de elementos de realismo mágico e foi indicado a mais de cinco prêmios de literatura fantástica, e vencedor do importante Bram Stoker Awards 2013.   O trabalho cuidadoso de Caitlín R. Kiernan é nos guiar pela mente de sua personagem India Morgan Phelps, ou Imp, uma menina que tem nos livros os grandes companheiros na luta contra seu histórico genético esquizofrênico e paranoico. Filha e neta de mulheres que buscaram o suicídio como única alternativa, Imp começa a escrever um livro de memórias para tentar reconstruir seus pensamentos e lutar contra o que seria “a maldição da família Phelps”, além de buscar suas lembranças sobre a inusitada Eva Canning, sua relação com a namorada e consigo mesma, que evoca em muitos momentos a atmosfera de filmes como Azul é a Cor mais Quente (Palma de Ouro em Cannes, 2013) e Almas Gêmeas (1994), de Peter Jackson.   Não se assuste: é um livro dentro de um livro, e a incoerência uma isca para uma viagem mais profunda, onde a autora se aproxima de grandes nomes como Edgar Allan Poe e HP Lovecraft, que enxergaram o terror em um universo simples e trivial – na rua ao lado ou nas plácidas águas escuras do rio que passa perto de casa -, e sabem que o medo real nos habita. Caitlín dialoga ainda com o universo insólito de artistas como P.G. Wodehouse, David Lynch e Tim Burton, e o enigmático personagem Sandman, de Neil Gaiman, com quem aliás, trabalhou, escrevendo The Dreaming, spin-off derivado da obra-prima de Gaiman.   A Menina Submersa   evoca também as obras de Lewis Carrol, Emily Dickinson e a Ofélia, de Hamlet, clássica peça de Shakespeare, além de referências diretas a artistas mulheres que deram um fim trágico à sua existência, como a escritora Virginia Woolf.   Com uma narração intrigante, não-linear e uma prosa magnífica, Caitlín vai moldando a sua obsessiva personagem. Imp é uma narradora não-confiável e que testa o leitor durante toda a viagem, interrompe a si mesma, insere contos que escreveu, pedaços de poesia, descrições de quadros e referências a artistas reais e imaginários durante a narrativa. Ao fazer isso, a autora consegue criar algo inteiramente novo dentro do mundo do horror, da fantasia e do thriller psicológico.   A epígrafe do livro, retirada de uma música da banda Radiohead – “There There” -, diz muito sobre o que nos espera: “Sempre ha¿ um canto de sereia que te seduz para o naufra¿gio”.   A Menina Submersa   é como esse canto, que nos hipnotiza até que tenhamos virado a última página, e fica conosco para sempre ao lado de nossas melhores lembranças.